sexta-feira, 7 de novembro de 2014

PASSAGEM DO TEMPO






"É breve,
é pequena,
a distância que separa o avô do neto.

Feito o arado
que rasga a terra
a passagem do tempo
deixa sulcos na alma e no rosto.

As viagens sucedem-se e
acumulam-se 
com as gerações;
Entre o neto que foste
e o avô que serás, 
que pai terás sido?"

José Saramago

A única coisa que temos de facto é a vida.
E com ela podemos fazer tudo, ou nada.

Pais, filhos e netos.
No fim das contas, cada um tem que caminhar com os seus próprios passos.
Buscar uma experiência de significação,
Trilhar a senda do auto-aperfeiçoamento.

A vida é um instante, um sopro.
Quantas gerações já vieram e se foram,
Quantas vidas virão e igualmente passarão.

Nos vagões da existência terrena,
Por um breve instante passeamos.



(Foto e texto retirados da NET)



Sem comentários:

Enviar um comentário