domingo, 28 de setembro de 2014

COMEÇO DE UM NOVO DIA...




(Malay* - 2010)


Cada um cumpre o destino que lhe cumpre,
E deseja o destino que deseja;
Nem cumpre o que deseja,
Nem deseja o que cumpre.
Como as pedras na orla dos canteiros
O fado nos dispõe,ali ficamos;
Que a sorte nos fez postos
Onde houvemos de sê-lo.
Não tenhamos melhor conhecimento
Do que nos coube que de que nos coube
Cumpramos o que somos.
Nada mais nos é dado.



Odes/Ricardo Reis


Sem comentários:

Enviar um comentário